Purucast

Purucast #07 – Death Note

purucast-death-note
Recomendação

6000 (Rokusen)

6000-cover

Postagens sobre mangá

29/03/2018

Panini anuncia mudanças de preço em Toriko, Triage X e Ninja Slayer

0
toriko

A editora Panini confirmou em anuncio através do seu Facebook ontem o que já se suspeitava – Toriko, Triage X e Ninja Slayer estão passando por dificuldades para se manterem.

Para que os títulos não precisem ser cancelados, a editora preferiu reajustar preços e periodicidades, retornando com Triage X em abril e os outros dois títulos nos próximos meses. Todos os três se tornam quadrimestrais a partir de agora e distribuídos exclusivamente através comic shops, livrarias e no site da editora.

Confira abaixo os reajustes:

29/03/2018

Mangá Trinity Blood será finalizado em 24 de abril

0
trinity-blood

O site da revista Comic Newtype, da Kadokawa, revelou na última terça-feira que a adaptação em mangá de Trinity Blood, de Kyujyou Kiyo, será concluído no dia 24 de abril. O mangá havia entrado em seu arco final em dezembro do ano passado.

O mangá começou a ser lançado no Japão em 2010 pela revista shoujo Asuka e é baseado nas light novels de Yoshida Sunao publicadas no periódico The Sneaker, Trinity Blood – Rage Against the MoonsTrinity Blood – Reborn on the Mars, ambas finalizadas. Em outubro de 2005 a série ganhou um anime de 24 episódios.

No Brasil, a editora Panini começou a lançar o mangá em outubro de 2008, sendo publicado regularmente até o fim de 2009, quando alcançou a edição japonesa no volume 12. Em novembro de 2010, o 13º volume da série foi lançado no Japão, e a editora trouxe para o Brasil no ano seguinte. Desde então não temos novos volumes lançados por aqui e não houve um cancelamento oficial por parte da editora.

27/03/2018

Editora Kodansha cancelará a revista Aria em abril

0
aria

A revista shoujo mensal Aria, da editora Kodansha, chega ao seu fim no seu próximo volume. Ela foi casa de diversos mangás conhecidos por aqui, como No. 6, K – Days of Blue, MagnoliaKore wa Koi no Hanashi, além de spinoffs de séries publicadas em revistas de outras demografias, como é o caso de Parasyte e Nanatsu no Taizai.

A revista havia sido lançada em 2010, tendo como público alvo jovens mulheres entre 16 e 22 anos de idade. Ela teve sua tiragem aumentada em 500% em 2013, devido a demanda após o lançamento do spinoff de Shingeki no Kyojin: Kuinaki Sentaku, lançado no Brasil pela editora Panini como Ataque dos Titãs: Sem Arrependimentos.

O anúncio veio na edição de maio da revista, lançada hoje no Japão, comunicando que a próxima será a última e deve estar disponível nas bancas japonesas em 28 de abril. Nenhuma informação foi dada sobre o que será feito dos mangás em lançamento atualmente.

27/03/2018

Pipoca & Nanquim publicará Guardiões do Louvre de Jiro Taniguchi

0
louvre

A editora Pipoca & Nanquim, pertence aos donos do canal do Youtube de mesmo nome, anunciou cerca de duas semanas atrás que trará o seu primeiro mangá, Guardiões do Louvre (Sennen no Tsubasa, Hyakunen no Yume – Les Gardiens du Louvre), de Jiro Taniguchi, para o Brasil. Confira o sinopse:

O aclamado mangaká Jiro Taniguchi o convida a conhecer o Museu do Louvre de uma maneira inesquecível. Depois de uma excursão pela Europa, um artista japonês faz uma parada em Paris sozinho, com a intenção de visitar os museus da cidade. Mas, acamado em seu hotel devido a febre, ele enfrenta o sofrimento da solidão absoluta em uma terra estrangeira, privado de qualquer recurso ou apoio familiar. Quando a febre baixa um pouco, ele inicia seus passeios e logo se perde nos monumentais salões do Louvre. Lá, descobre muitas facetas do mundo das artes, em uma jornada que oscila entre alucinações febris e realidade. Ele se vê conversando com pintores famosos de diversos períodos da história, sempre guiado pelos… Guardiões do Louvre.

Guardiões do Louvre foi lançado no Japão em 2014 pela revista Big Comic Original (Shogakukan) e é um seinen.

25/09/2017

A Toca de Caerbannog

0
toca

Quem mora no interior, independente do estado, sabe como é complicado conseguir comprar quadrinhos e mangás. Muitos títulos nunca chegam nas bancas, isso quando elas chegam a receber ou se preocupar em adquirir algum. Lojas especializadas, então, se tornam um sonho muito distante.

Passo Fundo, cidade em que moro fazem alguns anos, se tornou uma cidade interessante para nerds, geeks e, porque não, otakus nos últimos anos. Tudo começou com a primeira edição do AnimeTchê, 10 anos atrás. De lá para cá, percebeu-se o nicho e algumas lojas passaram a investir em itens para estes diferentes tipos de consumidores.

Ano passado fomos agraciados pelo surgimento de uma loja especializada em quadrinhos, desde HQs até mangás. Desde então, tenho me tornado uma grande fã e consumidora recorrente d’A Toca de Caerbannog. A Toca, para os íntimos.