Purucast

Agora o Purucast está no Spotify!

purucast
Recomendação

Rilakkuma e Kaoru: adultos também precisam relaxar

rilakkuma

Recomendação

17/10/2015

Dragons Rioting: Peitos grandes e muita luta!

0
Nangokuren_Dragons

Olá minna-saaaan. Hoje vamos falar sobre uma recomendação de um amigo que me surpreendeu bastante, o mangá Dragons Rioting, de autoria de Watanabe Tsuyoshi. Ele aborda a ~difícil~ vida de Tachibana Rintaro, que, com 6 anos de idade, ao ver uma mulher sexy, entra em colapso e quase morre. Diagnóstico: síndrome de Henisei Tashu Ijou. Basicamente, quando excitado, ou seja, quando seu sangue se concentra em um único ponto, o fardo do seu coração aumenta muito, levando-o à morte. Por ser diretamente ligada à excitação sexual, a doença é também conhecida como Síndrome do Hentai. Afim de sobreviver às tentações da vida, seu pai o leva para as montanhas e por lá ficam dez anos em um rígido treinamento físico e psicológico, na esperança de Rintaro ter uma vida o mais normal possível perto de garotas.

Devidamente treinado na arte marcial estilo Koei Sougetsu, Rintaro vai para o seu primeiro dia na academia Nangokuren, uma escola somente para meninos. Mal sabe ele que na verdade está indo em direção à sua própria morte pois, depois de uma reforma, a academia Nangokuren deixou de ser somente para meninos e, na situação atual, é uma escola quase completamente composta por garotas.

Ok, mas vamos ao que interessa. Ao começar a leitura do mangá, você pensa que a história vai ser algo bem superficial, com apenas seios e calcinhas à mostra (não que isso seja de todo ruim huashuahsu) e lutinhas bobas por motivos mais fúteis ainda. Mas é justamente aí que vem a surpresa! Com o avançar dos capítulos acabamos por nos deparar com lutas realmente muito bem desenvolvidas e, também, uma construção psicológica de personagens que se aprofunda conforme o mangá avança na história. 

16/10/2015

Tokusatsu: Um guia para o Henshin

0
sentai

HENSHIN! Se você nunca ouviu essa palavra gritada com um glorioso entusiasmo japonês, é provável que nunca tenha assistido um tokusatsu. E eu tenho pena de você por isso, relês humano. Brincadeiras a parte, é bem legal mesmo, não sério, Power Ranger é bem legal mesmo depois que você cria barba na cara e tal. E bem, ele é até essencial antes disso… Mas deixando minhas reminiscências de lado, vamos a explicação formal, nada mais justo nesse capítulo de estréia.

Tokusatsu é uma gíria japonesa, que traduzida, quer dizer mais ou menos “efeitos especiais”, mas o que diabos isso tem a ver com Power Rangers? Pois então, digamos que um dia tudo isso foi bem mais sério. O termo Tokusatsu data desde a época do Godzilla clássico, um filme que um dia trouxe multidões ao cinema, e provavelmente seus avós assistiram e se maravilharam com aqueles efeitos incríveis que mostravam figuras gigantescas lutando umas contra as outras. O que você hoje em dia acha tão tosco, um dia foi tecnologia de ponta, meus amigos. E bem, é usado até hoje nos tokusatsus, basicamente é aquele truque de pessoas vestidas com fantasias, lutando em uma maquete (cada vez mais bem feita) de uma cidade, entre outros truques e jogadas.

Tags
14/10/2015

[18+] O porquê de um guia no mundo do hentai

1
Recorte de página do mangá Honey Blonde.

Antes de começarmos eu aviso que este é um post 18+. Se você for menor de idade leia por sua conta e risco. Se você se considerar impressionável/sensível, bem, eu vou aludir a algumas coisas que podem lhe ofender/chocar. Faça um favor a nós dois e só leia se você tiver tomado responsabilidade pelo seu ato, plenamente consciente do que eu acabei de avisar.

Eu sei o que você está pensando, que eu estou só enrolando ao invés de lhe indicar onde tem boa pornografia. Eu sei que você provavelmente vai pular para o fim do artigo quando ler isso, mas eu dou minha primeira recomendação na última seção desse artigo. Ainda está aqui? Já voltou? Ótimo, eu vou fingir que acredito que você só seguiu lendo.

R
R
Tags
12/10/2015

Death Parade

0
death-parade

Olá! Venho hoje com minha primeira recomendação por aqui, espero que curtam!

Sou muito fã de histórias de suspense, terror e psicológicas, que mexem com a gente, são inteligentes e imprevisíveis, e Death Parade acabou suprindo vários desses requisitos e se tornando um dos meus animes favoritos dentro do gênero. Death Parade foi lançado agora em 2015, e foi um dos poucos animes da temporada que me chamou a atenção de verdade. Mas acredito que tenha sido uma boa escolha e não tenho como não recomendar!

Death Parade é um anime original (não vem de mangá ou novel) produzido pela Madhouse, que quase nunca decepciona, e vem com um visual incrível, cenários lindíssimos e uma história capaz de provocar o emocional até dos mais fortes. Fora a abertura, e que abertura mais incrível! A melhor parte é que ela não diz praticamente nada sobre a história até o final, o que eu considero muito um ponto positivo. Vou deixar ela a seguir, para quem não conhece poder ter uma ideia do que estou dizendo (o áudio tá bem ruinzinho, mas foi a única que achei sem legendas).

11/10/2015

Fire Emblem: Awakening Parte 2

2
fire-emblem2

Olá galera do Pururin! Volto hoje com a segunda parte da Review de Fire Emblem: Awakening para o 3DS. Se alguém perdeu a primeira parte, pode acessá-la aqui. Hoje vamos falar um pouco sobre a apresentação, os personagens e a história.

Os gráficos são bonitos para o 3DS, apesar de que comparado com os consoles de mesa atuais, eles não são muito avançados. O mapa possui uma mistura de 3D com os sprites dos personagens em 2D que exalam personalidade, e permitem facilmente identificar cada classe e personagem. O uso da tela inferior para exibir os atributos dos personagens imediatamente é uma bela adição e permite facilmente analisar cada unidade do mapa. Durante as batalhas, a câmera muda para uma luta com modelos tridimensionais dos personagens. Infelizmente, às vezes o framerate cai um pouco quando o 3D estiver ligado e algumas animações mais pesadas (como as magias mais avançadas) forem exibidas, mas fora isso, o gráfico é muito agradável e bonito. Aliás, as cutscenes são pré-renderizadas e ficam simplesmente exuberantes vistas no console.