Notícia

Somos parceiros da Kawaii Box!

kawaii-box
Purucast

Purucast #07 – Death Note

purucast-death-note
Recomendação

Os adoráveis mangás yaoi de Natsume Isaku

natsume-cover
04/10/2015

Fire Emblem: Awakening

1
fire-emblem

Olá galera! Meu nome é Didi e bem-vindos ao novo Pururin! Eu sou um dos novos colaboradores e trarei pra vocês posts sobre jogos japoneses, em especial sobre a Nintendo! Se quiserem dar alguma sugestão sobre o que quiserem ler, ou deixar qualquer feedback, por favor, deixe comentários! O primeiro post vai ser uma review sobre um dos meus jogos preferido dessa geração, Fire Emblem: Awakening, pro 3DS. Espero que curtam!

Fire Emblem é uma das franquias de jogos mais antigas da Nintendo e, mesmo assim, uma das menos conhecidas. Ou pelo menos era até o lançamento de Fire Emblem: Awakening, o 13º game da saga, para o 3DS em 2012 no Japão e em 2013 no ocidente. O primeiro jogo da franquia foi lançado em 1990 na terra do Sol Nascente, mas por aqui conhecemos a série apenas no seu sétimo jogo, Fire Emblem: Blazing Sword – Ou somente Fire Emblem por aqui – lançado para o Game Boy Advance. Sua popularidade aumentou consideravelmente quando alguns de seus personagens apareceram na série de games Super Smash Bros., na qual os mascotes da Nintendo lutam entre si, e hoje contam com 5 representantes de Fire Emblem, sendo 2 de Awakening.

03/10/2015

O retorno do Pururin

0
totoro

Olha só que coisa mais linda. Não adianta, não consigo largar esse Pururin. Estou realmente muito feliz por estarmos de volta, passei o último mês trabalhando loucamente para isso e aqui está o resultado! Só que, antes de todo mundo sair pulando de alegria, precisamos conversar sobre alguns assuntos.

O PURURIN VOLTOU, MAS O SCANLATOR NÃO

Pois é, gente. O Pururin está definitivamente de volta, mas a maior mudança que aconteceu foi que o Pururin não está voltando como scanlator. Quem acompanhou o site até o momento sabe como foi sofrido. A gente foi, voltou, foi de novo, sumiu, apareceu… Foram muitas reviravoltas e, no final, vi que não dava mais para viver assim.

Traduzir mangás é uma grande responsabilidade, e uma atividade que não traz absolutamente nenhum retorno fora a satisfação pessoal. O problema é quando nem satisfação traz mais. Eu estava cansada, estressada, não tinha mais saco para ir atrás de equipe, e era praticamente impossível manter todas as séries. Foi mais ou menos nessa época que decidi colocar prioridade nas séries mais famosas, mas nem isso foi muito adiante. Não estou dizendo que seja culpa de outras pessoas, mas minha mesmo, por não ter me organizado direito. Peguei muito mais séries do que daria conta sozinha, ou com mais duas ou três pessoas, como era a situação do Pururin na maior parte do tempo.

Só que o Pururin já é parte da minha vida, e eu realmente senti muito por deixar ele de lado. Então, resolvi voltar colocando em prática algumas ideias e sugestões que fui pegando por aí. Vocês sabem que o Purucast foi uma novidade que colocamos no ar um tempo atrás e que ele deu uma cara nova para nós, um retorno bem positivo, e isso nos empolgou muito. Por isso, resolvemos não abandonar esta ideia.

QUAIS SÃO AS NOVIDADES POR AQUI

Vocês obviamente perceberam que temos um site maravilhoso totalmente novo. Os conteúdos que aparecerão com mais frequência por aqui, além do Purucast, serão notícias relacionadas com o que curtimos da cultura pop asiática, sempre com um tom mais pessoal, e recomendações de animes, mangás, jogos, filmes, enfim, o que acharmos legal compartilhar com vocês.

Mas, quem estará postando? Vocês podem conferir todas as pessoas que agora fazer parte do Pururin na página Quem somos, mas já adianto que algumas figuras já conhecidas serão recorrentes por aqui, como a Jazz, que não abandonou o Pururin em hipótese alguma desde que ela entrou lá no início.

Temos ideias para conteúdos diferenciados e iremos colocando isso em prática conforme for aparecendo a oportunidade, então fiquem ligados. Curtam nossa página no Facebook e nos sigam no Twitter para acompanhar nossas novidades, além disso agora também temos um Instagramnewsletter, que podem assinar sem medo que não vai ter span. :)

Já me estendi muito aqui, então se quiserem saber mais sobre o Pururin, ouçam o episódio 3 do Purucast, O que aconteceu com o Pururin?!.

Espero que tenham gostado do nosso retorno e que nos acompanhem de agora em diante. Queremos muito saber a opinião de vocês sobre tudo, sobre nosso retorno, sobre nossos conteúdos, o que vocês gostariam de ver por aqui, o que tá legal, o que não tá, então não deixem de comentar!

Até mais!! o/

Tags
03/03/2015

Purucast #02 – Mangás: o que são e de onde vem

0
noticia222

Atualização: Este primeiro episódio foi lançado enquanto o Pururin ainda era um scanlator. Atualmente não fazemos mais fã traduções de mangás, você pode conferir o que aconteceu neste post.

Estamos meio sumidos na última semana, né? Andou acontecendo algumas coisas que tomaram demais meu tempo e o Égon estava ocupado com… Exato! A edição do segundo episódio do podcast mais visto por esses lados da Internet, o Purucast! \o/

Contrariando as expectativas (ouçam e entendam), este episódio está saindo exatamente um mês após o programado por causa de uma série de coisas que não vamos falar aqui para não enrolar. Neste episódio falamos sobre mangá, um pouco da história dele, de onde veio e porque é tão popular hoje em dia, dentro e fora do Japão. Esperamos que gostem!

Tags
18/11/2014

Purucast #01- Scalantors e apresentação

0
noticia2

Atualização: Este primeiro episódio foi lançado enquanto o Pururin ainda era um scanlator. Atualmente não fazemos mais fã traduções de mangás, você pode conferir o que aconteceu neste post.

É com muuuuuuuuito orgulho que viemos apresentar para vocês o primeiríssimo episódio do Purucast!

Este primeiro episódio trata sobre scanlators, o que são, pra que servem, porque um leitor online muitas vezes não é um scanlator e o que é o Pururin e de onde veio. Bastante coisa? Nem tanto. Eu, Bella, e mais um grupo de amigos que não participam diretamente do Pururin, Guilherme, Égon e Henrique, vamos explicar o assunto de hoje através de uma conversa bem informal. A Jazz, linda e maravilhosa, editou suuuper bem o episódio, pena que não conseguiu participar deste primeiro episódio.

Esperamos de coração que vocês ouçam e curtam nosso podcast. Nunca fizemos isso antes e de forma alguma estamos ditando regras, falamos do que sabemos e rimos muito. Esperamos poder lançar outros episódios com alguma frequência, então comentem e peçam mais se gostarem! Haha! ^_^

Enfim, escutem, comentem, façam sugestões e críticas construtivas. E até a próxima, gente!

Tags