Purucast

Purucast #07 – Death Note

purucast-death-note
Recomendação

6000 (Rokusen)

6000-cover

Arquivo do Autor Michell

16/10/2015

Tokusatsu: Um guia para o Henshin

0
sentai

HENSHIN! Se você nunca ouviu essa palavra gritada com um glorioso entusiasmo japonês, é provável que nunca tenha assistido um tokusatsu. E eu tenho pena de você por isso, relês humano. Brincadeiras a parte, é bem legal mesmo, não sério, Power Ranger é bem legal mesmo depois que você cria barba na cara e tal. E bem, ele é até essencial antes disso… Mas deixando minhas reminiscências de lado, vamos a explicação formal, nada mais justo nesse capítulo de estréia.

Tokusatsu é uma gíria japonesa, que traduzida, quer dizer mais ou menos “efeitos especiais”, mas o que diabos isso tem a ver com Power Rangers? Pois então, digamos que um dia tudo isso foi bem mais sério. O termo Tokusatsu data desde a época do Godzilla clássico, um filme que um dia trouxe multidões ao cinema, e provavelmente seus avós assistiram e se maravilharam com aqueles efeitos incríveis que mostravam figuras gigantescas lutando umas contra as outras. O que você hoje em dia acha tão tosco, um dia foi tecnologia de ponta, meus amigos. E bem, é usado até hoje nos tokusatsus, basicamente é aquele truque de pessoas vestidas com fantasias, lutando em uma maquete (cada vez mais bem feita) de uma cidade, entre outros truques e jogadas.

Tags
11/10/2015

Sangue, músculos e porrada

0
ippo

De Bruce Lee a Jackie Chan, de Donnie Yen a Jet Li, não tem como negar que um bom filme de brucutu é divertido. Mas e os mangás sobre isso? Não ficam nada atrás meus amigos. O gênero, “brucutu”, não existe é claro, mas não tem nada melhor do que esse termo pra caracterizar esse tipo de publicação. Um personagem legal e extremamente badass, uma quest em busca de algo, um pouquinho de drama pra dar uma cor, e doses estapafúrdias de porradaria. Exatamente meu tipo de leitura casual.

Culturalmente, as artes marciais são intrínsecas a cultura do Japão. E nada mais justo que existam mangás sobre a temática. Alguns dos exemplares são verdadeiros clássicos do estilo. Hajime no Ippo, por exemplo, é um dos mais famosos shonens, e tem uma história extremamente cativante, contando a trajetória de Ippo Makunouchi de um jovem e tímido estudante ao forte e confiante lutador em que se torna. A maioria das histórias segue uma temática parecida, mas o estilo de luta muda, Shijo Saikyo no Deshi: Kenichi (Kenichi: O Discípulo mais Forte da História no Brasil) trata sobre uma temática muito parecido, onde Kenichi, nosso protagonista, busca formas de se proteger contra o bullying e assim o dojo de Ryozanpaku, onde ele treina sobre a batuta de seis mestres diferentes, de forma que pode proteger tanto a si próprio, quanto a seus colegas da temida gangue de bullies Ragnarok.