Purucast

Agora o Purucast está no Spotify!

purucast
Recomendação

Ikémen Revolution – amor e magia no País das Maravilhas

ikemen-revoltuion

Arquivo do Autor Bella

26/10/2015

Himo Zairu, de Akiko Higashimura, entra em hiato devido à críticas online

0
himo-zairu

No dia 21 de outubro, o departamento editorial da revista Morning da Kodansha anunciou que o mangá Himo Zairu (ヒモザイル) de Akiko Higashimura, autora de Kuragehime, não iria aparecer na edição de dezembro da Morning Two, que saiu dia 22 de outubro, mesmo que anteriormente já houvesse sido anunciado que haveria um capítulo do mangá nesta edição. A equipe pediu desculpas para quem estava esperando pelo capítulo.

A editora Kodansha também publicou um comunicado da autora. Higashimura disse que, desde o início da publicação do mangá, tem recebido diversas opiniões de leitores online. Ela pediu desculpas para quem sentiu desagrado pela história e para aqueles que estão esperando por mais capítulos. Ela acrescentou que baseou o mangá em “fatos reais”, mas como muitos não gostaram da temática, ela decidiu que não poderá continuar publicando o mangá no momento. Ela ainda disse que vai pensar no que fazer no futuro, com a série em hiato até lá.

Tags
24/10/2015

Novels de Full Metal Panic! inspiram nova adaptação de anime

1
mullmetalpanic

Depois de quase 9 anos sem nenhuma novidade sobre uma nova série animada, a Fujimi Shobo, empresa que publica as light novels de Full Metal Panic!, de Shoji Gatoh e Shikidouji, anunciou no evento “Fantasia Bunko Big Thanksgiving 2015” no sábado dia 24 que planeja uma nova adaptação para anime da novel. Não foi dado nenhum detalhe a mais sobre o projeto do anime, nem uma previsão de lançamento.

Em setembro de 2014, a empresa publicou em sua revista Dragon Magazine uma imagem de Full Metal Panic! com um “em breve”. Um dos autores da novel, Shikidouji, respondeu a um fã naquela época dizendo que algo estava por acontecer.

23/10/2015

IS ~ OTOKO DEMO ONNA DEMO NAI SEI

0
is

Olá! Hoje trago para vocês minha primeira indicação de um dorama! Antes de mais nada, para aqueles que não sabem, vamos a uma pequena definição de dorama. Essa é a palavra para generalizar dramatizações televisivas orientais em forma de série, algo como nossas novelas e séries de TV. Dorama é a forma como os orientais pronunciam a palavra “drama”, vinda do inglês, e eles costumam ser separados pelo país de produção, sendo J-drama um dorama japonês, K-drama, coreano, C-drama, chinês, e assim por diante.

IS ~ Otoko Demo Onna Demo Nai Sei é um dorama japonês, lançado em 2011,  com 10 episódios no total. O dorama é baseada em uma história em particular presente no mangá honônimo de Rokuhana Chiyo, lançado a partir de 2003 e finalizado com um total de 17 volumes. O mangá é um conjunto de diversos casos de IS, cada um com mais ou menos dramas, problemas de aceitação e coisas que veremos mais adiante neste post serializado na revista Kiss (Kodansha), sendo, portanto, um josei.

Tags
19/10/2015

Just Dance 2016 terá duas músicas de J-pop

0
miku

Just Dance, da Ubisoft, o jogo de dança para console mais popular no momento, ganhará sua nova edição, Just Dance 2016, dia 23 de outubro.

A novidade é que, além das músicas mais populares do mundo pop no momento, o jogo conterá não uma, mas duas músicas de J-pop na sua nova edição. As anteriores já contavam com alguns K-pops e J-pops. Em Just Dance 3, a primeira música japonesa foi incluída no jogo, “Spectronizer”, de Sentai Express. A música “Gangnam Style”, do Psy, que estourou no mundo inteiro em 2012, já estava disponível para compra a partir do Just Dance 4, como DLC. No Just Dance 2014, outro sucesso de Psy estava disponível, desta vez na playlist inicial, “Gentleman”, além de mais uma música do Sentai Express, “Nitro Bot”.

Tags
18/10/2015

Blind (블라인드)

0
blind

Olá meus queridos! Como estão?

Se vocês, como eu, estão cansados daquela fórmula clichê com que se desenvolvem ultimamente os filmes de suspense e terror americanos, talvez seja o momento ideal para apostar em filmes de outras nacionalidades.

Entre meus preferidos estão filmes franceses, espanhóis e coreanos. Gosto muito de filmes japoneses também, mas eu acho a produção e a atuação dos filmes coreanos normalmente superiores. É claro que é uma questão de gosto, e provavelmente eu virei indicar um ou outro filme japonês eventualmente aqui, mas para a minha primeira recomendação de filme resolvi trazer um dos melhores filmes coreanos que vi recentemente.