Purucast

Purucast #07 – Death Note

purucast-death-note
Recomendação

A Toca de Caerbannog

toca

Arquivo do Autor Bella

25/09/2017

A Toca de Caerbannog

0
toca

Quem mora no interior, independente do estado, sabe como é complicado conseguir comprar quadrinhos e mangás. Muitos títulos nunca chegam nas bancas, isso quando elas chegam a receber ou se preocupar em adquirir algum. Lojas especializadas, então, se tornam um sonho muito distante.

Passo Fundo, cidade em que moro fazem alguns anos, se tornou uma cidade interessante para nerds, geeks e, porque não, otakus nos últimos anos. Tudo começou com a primeira edição do AnimeTchê, 10 anos atrás. De lá para cá, percebeu-se o nicho e algumas lojas passaram a investir em itens para estes diferentes tipos de consumidores.

Ano passado fomos agraciados pelo surgimento de uma loja especializada em quadrinhos, desde HQs até mangás. Desde então, tenho me tornado uma grande fã e consumidora recorrente d’A Toca de Caerbannog. A Toca, para os íntimos.

13/09/2017

Os adoráveis mangás yaoi de Natsume Isaku

0
natsume-cover

Olá pessoal!

Eu sou nova na leitura de mangás yaoi, a demografia feita para o público feminino em que os personagens homens se relacionam com outros homens. Acredito que o gosto pelas romances entre homens veio depois de muitas frustrações com os romances heterossexuais que os mangás shoujo proporcionam. Não é como se não houvesse nenhum bom romance neles, eles existem, é claro. Mas sinto como se já tivesse lidos todos os bons (o que com certeza não é verdade, aceito indicações!).

Enfim, entre as indicações que recebi no gênero, acabei conhecendo a mangaká Natsume Isaku. A autora, assim como muitas do gênero, iniciou sua carreira no início nos anos 2000 escrevendo doujinshis (termo utilizado para obras publicadas por amadores no Japão) com romances yaoi baseados em mangás famosos, como One Piece e Naruto. Em 2005, ela lança seu primeiro mangá original, chamado No Color.

O primeiro mangá que li dela foi Kiraboshi Dial (2009) e, até agora, é meu preferido, seguido de bem perto por Tight Rope (2008). O que todos os mangás que li dela tem em comum é que costumam ser curtos, com um volume, e contendo romances muito, mas muito, fofos. É claro que ela sabe colocar sensualidade em  seus personagens quando necessário, mas ela é muito mais fofa do que em outros mangás do gênero.

12/09/2017

Jealousy Incarnate

0
jealousy-cover

Jealousy Incarnate (질투의 화신, 2016) foi um dorama que comecei a assistir por causa de uma cena que o DramaFever compartilhou no Facebook (ele faz isso com frequência, é uma ótima forma de pegar indicações!) mas não me encantou logo de cara.

Na verdade, minha opinião geral é de que Jealousy Incarnate é um bom dorama. Só foi muito longo e enrolado. Mas vamos conferir a sinopse antes:

A garota do tempo, Pyo Na-ri (Gong Hyo-jin), e o âncora de notícias, Lee Hwa-shin (Jo Jung-suk), são colegas de longa data na estação de transmissão SBC. Na-ri teve uma queda por Hwa-shin durante três anos, mas as coisas mudam quando ela conhece o homem perfeito Go Jung-won (Go Kyung-pyo), um herdeiro chaebol e amigo íntimo de Hwa-shin.

Enquanto isso, Sung-sook (Lee Mi-sook) e Ja-young (Park Ji-young), que são rivais tanto no amor quanto na carreira, se vêem atraídas por Kim Rak (Lee Sung-jae), proprietário de um restaurante e senhorio do prédio onde vive Na-ri.

Doramas normalmente envolvem algumas histórias paralelas à principal, mas Jealousy Incarnate teve mais do que o esperado. Acompanhamos a vida de Na-ri no trabalho e no prédio onde vive com o irmão, então temos a oportunidade de acompanhar as histórias paralelas de colegas de trabalho, de vizinhos, e os relacionamentos entre ambos. Outro ponto importante, e que decididamente me fez assistir o dorama com menos vontade, é que se trata de um triângulo amoro. Isto apenas entre os protagonistas. Entre as personagens secundárias existem, pelo menos, mais três triângulos. Então se o seu coração é sensível para o assunto (o meu não aguenta muito, não), evite Jealousy Incarnate.

11/09/2017

Shutter, ou Espíritos – A Morte está ao Seu Lado (2004)

0
shutter

Ah, o terror. Ontem assisti It – A coisa e me senti inspirada a falar sobre um dos – senão o melhor – terror oriental que eu já assisti. Gostei tanto que já assisti duas vezes, haha. Vem comigo conferir!

Shutter, literalmente “obturador” em inglês, que no Brasil foi chamado de Espíritos – A Morte está ao Seu Lado, é um filme tailandês de 2004. Nele, um casal de jovens, voltando da festa de noivado de um amigo, atropelam uma garota na estrada. A garota, Jane (Natthaweeranuch Thongmee), que estava dirigindo, quer conferir se a menina está viva e prestar assistência, enquanto Tun (Ananda Everingham), seu namorado, quer fugir. Ambos acabam indo embora e Jane fica com peso na consciência depois, ao contrário de Tun. A partir do atropelamento, Tun, que é fotógrafo, passa a ver borrões em suas fotografias. Os borrões parecem imagens de espíritos e acontecimentos estranhos começam a fazer o casal suspeitar de que algo está (muito!) errado.

A partir daí, Jane procura descobrir quem é a jovem (Feawfao Sudswingringo) que aparece nas fotografias, enquanto Tun é atormentado por acontecimentos do passado. O mistério aumenta quando os amigos de Tun começam a se suicidar. O que aconteceu no passado deles? Deixo a questão no ar, pois o plot twist é uma das melhores partes do filme. Se não contar a sequência final, é claro.

09/09/2017

Somos parceiros da Kawaii Box!

0
kawaii-box

Ah! Eu realmente preciso compartilhar isso com vocês!

Se tem uma coisa que eu amo na cultura japonesa é a trend kawaii. Muitos dos fãs de anime, mangá e doramas já ouviram falar sobre, mas para quem não sabe, kawaii (em japonês: 可愛い ou かわいい) é um adjetivo que significa “fofo”, “bonitinho”.

Essa palavra é utilizada em diversas ocasiões, para pessoas, animais ou coisas. Quem nunca assistiu um anime e viu uma personagem gateira gritando “KAWAIIIIIIIIII” quando vê um gatinho fofo? Ou então o senpai (veterano) dizendo que a menina mais bonita da outra classe é kawaii?

Mas, muito mais do que uma palavra, kawaii se tornou um estilo de vida japonês. Por aqui, temos a impressão de que coisas fofinhas são, com certeza, infantis. No Japão, até caixa de sabão de lavar roupa possuem mascotes fofinhos. Por lá, isso vende. E, por aqui, quem curte o kawaii style acaba não tendo muitas opções.

No início deste ano estive em São Paulo e tive a oportunidade de ir na Daiso, imaginem minha alegria lá. Comprei até lixeirinha para pia com carinha! Haha! Mas não é em todo lugar que temos a oportunidade de encontrar produtos fofinhos para levar para casa, principalmente para quem não mora em cidades grandes (como eu T–T).

Assim, em minhas buscas, encontrei a Kawaii Box. Conhecem aquele sistema em que você paga um preço e recebe em casa uma caixa com produtos variados, que normalmente comprados separados passariam do preço pago? A Kawaii Box é assim. E, o melhor, todos os produtos são extremamente fofinhos.

Estes itens já apareceram em uma Kawaii Box, querendo todos! *--*

Por U$ 19,90 (cerca de R$ 70) por mês (com possibilidade de assinatura mês a mês, semestral e anual, estas duas últimas com desconto), você receberá em casa 10 itens fofíssimos, desde doces à itens de papelaria e beleza, de marcas kawaii consagradas como Hello Kitty, SanRio, Alpacasso, Rilakkuma, Pokky, Kumamon, entre outros! Isso dá uma média de 7 reais por item, nada mal, não é?

A Kawaii Box aceita pagamentos pelo PayPal e principais cartões de crédito internacionais. Além disso, o frete é totalmente grátis, inclusive para o Brasil! Cada vez mais vantagens, não é?

Ao fazer sua assinatura, você estará automaticamente fazendo parte de uma grande comunidade de fans de kawaii de toda parte do mundo,  em uma ótima oportunidade para fazer amigos. Também estará concorrendo automaticamente à uma Kawaii Megabox, uma diferente sorteada a cada mês, no valor aproximado de U$ 100. Quem não quer ganhar uma dessas?

É muito produto fofo em uma caixa só, não estou sabendo lidar! (◠﹏◠✿)

É muito produto fofo em uma caixa só, não estou sabendo lidar! (◠﹏◠✿)

Agora, depois de todas essas vantagens, uma novidade! A Kawaii Box agora é nossa parceira! Então, se você curtiu a ideia e pensa em assinar, utilize um dos nossos links (disponível no final deste post e na lateral do site), para ajudar o Pururin a continuar crescendo e trazendo ainda mais conteúdos!

Então, se você amou a ideia como nós, clique no banner no final desta postagem e vire membro do Kawaii Box você também. Nós já adquirimos nossa primeira caixa e vamos fazer uma review super completa (e honesta, com certeza!) com os prós e contras da assinatura da Kawaii Box assim que recebermos a edição do mês de outubro.

Kawaii Box - The Cutest Subscription Box

Espero que tenham curtido a novidade! E se já conheciam ou compraram a Kawaii Box, não deixem de comentar o que acharam! Se conheceu agora e amou a ideia, também nos conte!

Até mais pessoal! v(⌒o⌒)v♪