12/01/2016

Primeiras Impressões – Prince of Stride: Alternative

0
stride

Mais um título da temporada de inverno de 2016, Prince of Stride: Alternative.

Prince of Stride: Alternative é uma adaptação para anime de um jogo para PlayStation Vita de gênero Otome Game e Sport Game, lançado em julho de 2015. O anime foi produzido pela MadHouse e foi ao ar pela primeira vez dia 5 de janeiro de 2016. Além do anime e do jogo, foi lançado em novembro de 2015 um mangá spin off intitulado Prince of Stride Galaxy Rush.

São previstos para essa temporada de inverno um total de 12 episódios de 24 minutos cada um da série.

Enredo: Toda história dessa série é envolvida pelo esporte fictício Stride, fazendo um paralelo com a realidade, Stride é uma competição de corrida usando elementos de Parkour, onde várias pessoas (5 corredores e 1 revezador) compõem um time cujo objetivo é chegar antes até a linha de chegada enquanto os corredores revezam durante partes do percurso.
O primeiro personagens a quem somos apresentados é Sakurai Nana, uma garota apaixonada por Stride que é levada a se inscrever na escola Hōnan, cuja qual é famosa por um vídeo de seus atletas praticando esse esporte. Ao chegar no novo colégio, Nana se depara com outro calouro, o aluno Riku Yagami, um garoto muito extrovertido e que demonstra incrível velocidade e esforço nos esportes que pratica. Yagami e Nana acabam se tornando colegas de classe e neste momento é que conhecemos Fujiwara Takeru , um garoto sério e de poucas palavras, e seu único interesse é o Stride. Ele era um nome importante no ensino fundamental, sendo o destaque de matérias de revista na categoria de Stride que ele praticava. Yagami desde o primeiro momento chama a atenção de Takeru, devido à sua velocidade e força muscular em seu corpo.
Após as primeiras aulas, Nana busca o clube de Stride no colégio inteiro mas acaba por não conseguir muita informação sobre este. Com a ajuda de Fujiwara, eles então conseguem descobrir o paradeiro esquecido deste clube e ficam sabendo o porquê dele não ser mais divulgado/respeitado como era antigamente.
O clube estava em decadência, as pessoas não participavam mais dele após os veteranos saírem do clube, então por amor ao Stride Nana e Fujiwara resolvem que irão reerguer o famoso Stride da academia Hōnan uma vez mais, porém com o problema que eles não tem o número suficiente de participantes para participarem de competições. Frente a esse problema adivinha quem eles irão convencer a participar do clube? Isso mesmo, o garoto que está sendo disputado pro todos os outros clubes de esporte, Yagami Riku.
Ao descobrir que o esporte que ele se juntará é Stride, Yagami demonstra certa resistência, provavelmente há algo no seu passado ou com algum familiar, pois o nome Yagami já era um nome conhecido pelo presidente do clube de Stride. Mesmo parte de Yagami não querer participar ele acaba indo em frente e uma competição/demonstração de Stride é organizada no colégio para que todos relembrem a existência e a importância do clube perante toda a academia Hōnan.

Animação: Quanto a animação nem tenho o que expressar… o talento impecável da MadHouse nos seus animes pode ser visto à distância em cada temporada que passa.

Trilha sonora: A trilha sonora é bem empolgante, composta por músicas bem animadas durante todo o decorrer do episódio.

Abertura/Encerramento: A abertura, assim como a trilha sonora é bem legal, a música é “Stride (ストライド)” por OxT. O encerramento não está presente no primeiro episódio, mas a música que será tocada é “Be My Steady” por Galaxy Standard (caso vocês leitores estejam curiosos pela música acredito que será um pouco complicado de achar no Youtube agora nos primeiros dias).

Comentários Extras: Durante minha pesquisa na internet vi que algumas pessoas estão tratando esse anime como o Free desta temporada, devido ao fato dele derivar de um Otome Game e de a grande maioria dos personagens serem do sexo masculino. Bem na verdade eu não me incomodo nenhum pouco com esse fato, mas eu sei que existirão milhões de fanfics deste anime e que muitas pessoas irão comentar que ele é gay ou coisas do gênero… Mas mesmo assim eu estou empolgado com esse anime pois nunca vi um anime em que fosse representado os movimentos de parkour antes, então estou muito confiante que esse anime seja bom xD.

Trailer: