30/01/2016

Oh My Venus

0
ohmyvenus

Olá minna-saaaan

Hoje venho trazer para vocês um dorama que terminei de assistir e me surpreendeu muito. Vamos para a ficha técnica? Oh My Venus é estrelado por So Ji Sub, um quase quarentão que é um pedaço do mal caminho e Shin Min Ah, uma adulta que consegue se passar por colegial facilmente. ༼ ºل͟º ༽ Possui 16 episódios no total e é classificado como drama romântico.

Mas calma aí! Se você está achando que a recomendação vai ser aqueles melodramas açucarados que são muito comuns em doramas, você está muito enganado/a ~e eu também fui. Continue lendo e surpreenda-se.

A história gira em torno de Kang Joo Eun, a vênus de Daegu e Kim Young Ho. Quando nova, Kang Joo Eun era considerada a colegial mais bonita, com medidas perfeitas. Em um esforço para sustentar a sua família, tornou-se uma advogada viciada em trabalho sem qualquer consideração pelo seu bem estar pessoal e saúde, ficando com excesso de peso, sem aparentes atrativos e deprimida no auge de sua vida. Joo Eun, em uma obra do acaso acaba por descobrir a identidade do treinador Kim, um personal trainer de muito renome, e vai então atrás dele, depois do término do seu namoro com um nadador profissional que durou 15 anos, para que ela tenha seu corpo de volta em forma.

Mas a final, o que tem de interessante em uma musa que perdeu seu belo corpo e agora quer ele de volta? Bom, surprise. Esse plot, que aparenta ser superficial, dá um ar mais leve ao dorama, mais humorístico. Mas não é aquele humor bobinho e sem sentido que muitas vezes encontramos. É um humor mais adulto, e não exatamente em conotação sexual.

Venus12-00026a

Kang Joo Eun e Kim Young Ho

Uma das coisas surpreendentes foi, na verdade, a maneira natural e descontraída que eles exibem as situações do cotidiano do casal que dificilmente aparecem nessas obras. Normalmente os produtores/roteiristas não mostram o lado do relacionamento do casal em que as partes se envolvem fisicamente. Ficam zilhões de episódios para chegar naquele beijinho casto ou ainda só pegar na mão ~ou nem isso em alguns casos~. Nada contra esse ritmo nos doramas, mas às vezes é legal quando algo mais normal é mostrado, não acham?!

Outro ponto forte que vale uma menção nesse post é que, além do enredo ser focado na perda de peso de Joo Eun, também presenciamos várias situações do dia a dia das personagens em seus respectivos vínculos empregatícios. Os problemas com chefes, o questionamento sobre a escolha da  carreira, são itens que estão fortemente presentes nessa peça, o que acaba por dar um ar mais maduro a toda a situação à medida em que ela se desenvolve.

Outro ponto interessante é que Joo Eun é uma personagem forte. Não aquele típico esteriótipo de personagem que é sempre dependente do seu “príncipe encantado” e está sempre à espera dele. Pelo contrário. Além de ser uma advogada formada e em ascensão em uma boa empresa de advocacia, ela tem uma personalidade muito forte e determinada, que a faz conseguir qualquer coisa que ela queira. E não mencionando o fato de ser “ajudada” a emagrecer, Joo Eun não passa por situações de salvamento tão frequentemente quando estamos acostumados a presenciar nesse gênero de entretenimento.

Já que nem tudo são flores ~ainda bem porque isso me dá alergia hahaha~ um dos pontos que me posso dizer que foi de leve desagrado foi a atriz principal. Isso porque não achei ela bonita ~desculpa tá. Outra coisa foi a positividade excessiva em determinados momentos por parte da Joo Eun. Mas creio que essa observação foi mais pelo fato de estarmos acostumados à personagens femininas mais pessimistas em relação à sua própria vida.

Mas então, ficaram interessados em assistir algum episódio?

E você que assistiu, concorda com os apontamentos ou discorda?