08/10/2015

Nana to Kaoru: Uma relação de confiança e S&M

0
capa

Olá minna-san.ヽ(´▽`)/  Eu sou a Amora , uma das novas colaboradoras, e estarei incumbida de trazer para vocês posts aleatórios sobre coisas aleatórias, porque não consegui decidir por apenas um tema ~huahuahuaha~.  Se quiserem sugerir sobre o que querem ver por aqui, ou deixar qualquer feedback, por favor, deixe comentários! Bem, vamos ao post então. (✿◠‿◠)

Hoje irei falar sobre o mangá Nana to Kaoru, que é uma obra escrita e ilustrada por Amazume Ryuta e está sendo publicada desde 2008, com a classificação de comédia, ecchi, escolar, seinen e romance. A história fala de Kaoru, um virgem de 17 anos de idade que tem um fetiche S&M (sadismo e masoquismo). Ele sempre sonhou com uma relação S&M com sua amiga de infância e vizinha, Nana, que é taxada como a “garota perfeita” e é sempre o alvo dos olhares dos garotos. Seu relacionamento tem se deteriorado um pouco ao longo dos anos, devido a eles saírem com pessoas diferentes e também porque Kaoru não leva a sua educação muito a sério. 

Como castigo, a mãe de Kaoru dá alguns de seus brinquedos de S&M para Nana para que ela os mantenha longe de Kaoru, até que ele melhore nos estudos. Nana, interessada no que estava guardando, abre o pacote e encontra uma peça de couro que Kaoru comprou. Em um ímpeto de curiosidade, Nana tenta vesti-la (já que parece que a roupa foi feita sob medida para ela). Mas, acidentalmente, ela acaba se trancando no traje e adivinha?!?! Ela não tem a chave! Com vergonha do que fez, mas decidida a tirar o traje, Nana vai para a casa de Kaoru, que a liberta da roupa. Ao retornar para sua casa após o ocorrido, Nana percebe que, apesar da vergonha, acabou gostando do hobby de Kaoru mais do que pensava. Posteriormente, os dois começam a se envolver nos chamados “descansos”, com a intenção de aliviar  Nana do estresse que se origina a partir de suas tentativas em manter suas notas e seu nome perfeitos.

Kaoru e Nana após um dos “descansos”

O mangá é muito bem ilustrado, se atendo aos detalhes do ambiente e dos objetos, não se prendendo somente aos personagens. O design de Nana se difere de Kaoru e explicita, através dos traços, a ideia de que eles são pessoas bastante distintas, o que é bem relatado na história. Ou seja, faz sentido ~yey~! E, apesar de no começo você estranhar os traços do Kaoru, com o passar dos capítulos acabamos por nos acostumar.

O desenvolvimento psicológico dos personagens é interessante, e a evolução da auto-aceitação por parte da Nana é evidente. Já Kaoru luta incansavelmente para manter sua posição de dominador durante os “descansos”, apesar de nutrir sentimentos por Nana e estar sempre se preocupando com sua segurança durante os descansos. Por essa preocupação, Kaoru se torna um ponto de segurança para Nana, que confia seu corpo à ele ~uuui~.

E então, ficou interessado(a) em dar uma olhadinha? E você que já leu, o que achou?